(24) 3354-0020 / 3354-0199
uniodonto@uniodontoresende.com.br

Acesso Empresas
2ª Via Boleto
Notícias e Novidades

Veja notícias e novidades da Uniodonto Resende.

Faça um teste para descobrir se tem mau hálito

26/02/2013

O grande perigo da halitose é que ela pode ser percebida por todos, menos pela pessoa que sofre desse mal.

O grande perigo da halitose é que ela pode ser percebida por todos, menos pela pessoa que sofre desse mal. Isso mesmo, você pode ter mau hálito e nem desconfiar. Ocorre que quando os odores são constantes o bulbo olfativo – que recebe as informações do olfato – fica fadigado. Isso quer dizer que o nariz se acostuma com o cheiro e a pessoa não sente o próprio hálito.

Segundo a Associação Brasileira de Halitose – ABHA –, no Brasil, pesquisas revelaram que aproximadamente 30% da população sofre com este problema, cerca de 50 milhões de pessoas. Entre as causas estão o estresse, mudança nos hábitos alimentares, redução do fluxo salivar.  

Uma das melhores armas contra o mau hálito é tomar água frequentemente para manter a produção de saliva. “Tudo que altera a produção da saliva gera halitose, e quando ingerimos pouca água, as glândulas salivares ficam preguiçosas e não produzem a saliva adequada”, diz Ana Kolbe, presidente da Associação Brasileira de Estudos e Pesquisas dos Odores da Boca. A especialista explica que com pouca água, a saliva fica viscosa e grudenta, o que permite maior acúmulo da saburra lingual – camada esbranquiçada que fica no fundo da língua.

Uma saída para descobrir se está entre a população que sofre com a halitose é perguntar a pessoas íntimas se o problema existe. Caso o constrangimento seja grande, faça o teste e tire a dúvida de uma vez.

Basta responder sim ou não.

1- Respira pela boca?

2- Fuma?

3- Bebe pouco líquido?

4- Toma bebida alcoólica mais de duas vezes por semana?
 
5- Fica muitas horas em jejum?
 
6- Ronca?
 
7- Sente a boca seca?
 
8- Ao olhar no espelho, nota uma camada esbranquiçada no fundo da língua?
 
9- Tem tártaro?
 
10- Seu intestino é preso?
 
11- Sua gengiva sangra durante a higiene oral?
 
12- Chupa bala ou masca gomas para disfarçar o hálito?
 
13- As pessoas oferecem balas ou chicletes com frequência?
 
14- As pessoas se distanciam para falar com você?
 
15-  Tem o costume de colocar a mão na boca para falar?
 
16- Faz mais de seis meses que não vai ao dentista?
 
17- Faz dieta?
 
Agora passe a língua no punho e aguarde 30 segundos. Se ao cheirar o local sentir um odor desagradável, e foram assinalados dois ou mais itens nas perguntas acima, procure um dentista para tratar a halitose. “Sabemos que 90% das causas do mau hálito estão relacionadas a problemas bucais, assim o dentista deve ser o primeiro profissional a ser procurado para diagnosticar e tratar o mau hálito”, diz Marcos Moura, presidente da ABHA.

 

Resende

Rua Isaac David Halpern, nº64 Comercial de segundas às sextas-feiras.
Tel.: (24) 3354-0020 / 3354-0199 Ouvidoria: 2109-0370